A casa de Baltasar

coelho 5 m red

O coelho Baltasar e a sua esposa viviam, como todos os coelhos, numa toca à beira de um lago. O que se compreende porque, como são animais um pouco medrosos e tímidos, é debaixo da terra que se sentem mais seguros, especialmente quando há mau tempo, tempestades, trovoadas, frio. Continuar a ler

Anúncios

A casa de madeira

rato casa m

Pelo inverno, a rata Alina ouvira dizer que o seu bom velho amigo, o texugo Norberto, morava agora numa casa algures na montanha. Há muito tempo que Alina não via Norberto. Nos últimos dias, desde que a neve começara a cair, Alina pensava muito nele, na sua agradável voz resmungona, na sua presença calorosa e reconfortante e na sua grande coleção de livros, que ele muitas vezes lhe lera. Continuar a ler

O Lobito Alberto e os Matulões

lobo-1-f

Diga-se que Lobito era muito educado, tinha os olhos claros e os dentes muito certinhos, sinal de delicadeza entre os lobos bebés. Distinguem-se ao longe os lobinhos civilizados. Olham para a biqueira dos sapatos, ficam corados por detrás do pêlo, dizem “obrigado”, “se faz favor”, e têm modos comedidos. Quando não os conhecemos, podemos pensar que são tímidos. Mas são apenas reservados. Continuar a ler

Aventura com asas

voar-cao-1-m

Não me recordo muito bem em que ano isto aconteceu. Mas sei que trazia vestido um casaco vermelho com botões de metal amarelo a que eu chamava «o meu casaco à marinheiro», um gorro branco com riscas azuis, um cachecol igual ao gorro e luvas. Luvas ou LUVA? O mais certo era ser LUVA porque eu perdia sempre uma delas, precisamente a da mão direita. Continuar a ler