Nem só de pão

pomba paz Jing Jing Tsong m

— Mas onde é que ele está? — pergunta o pai. — A escola já acabou há muito tempo! Continuar a ler

Anúncios

Eu queria ser Pai Natal

 natal-mila-2-m

Eu queria ser Pai Natal
e ter um carro com renas
para pousar nos telhados
mesmo ao pé das antenas. 

Descia com o meu saco
ao longo da chaminé,
carregado de brinquedos
e roupas, pé ante pé. 

Em cada casa trocava
um sonho por um presente.
Que profissão mais bonita
Fazer a gente contente. 

Luísa Ducla Soares
Poemas da Mentira e da Verdade

O quarto Rei Mago

quarto-m

Aníbal também viu a estrela. Como Belchior, Gaspar e Baltazar, soube imediatamente que alguma coisa importante se passava. Procurou nos livros e descobriu que aquela estrela anunciava o nascimento do Salvador. Então, Aníbal pegou nas três pedras preciosas mais belas do seu tesouro para as levar ao Menino. E pôs-se a caminho. Continuar a ler

O presente de Natal do rei Wod

natal-lareira-lynn-horrabin-f

O rei Wod era muito, muito rico. Tinha tanto dinheiro que podia encher a meia de Natal de todas as crianças do país – incluindo a tua, se lá morasses – e ainda lhe sobraria muito dinheiro.

Por que razão, então, odiava ele o Natal? A razão era esta. O Rei Wod queria um presente-supresa na manhã de Natal. Só isso? Aha… não esqueçamos como era rico. Todos os anos, era a mesma coisa. Fosse qual fosse o presente que recebia, por mais maravilhoso que fosse, nunca era novidade.Por exemplo: Continuar a ler

Uma doce bruxinha…

bruxinha-doce-mmr

Era uma vez uma bruxinha muito especial, porque era uma bruxinha boa, mas que não fazia a mínima ideia de como exercitar a sua bondade…. Desde pequena que tinha suportado as admoestações das outras bruxas que lhe diziam constantemente que ela tinha de ser má, como todas as demais…. E ela sofria imenso, pois não queria ser assim! Continuar a ler