A estrela partida

meninas estrelas m

A estrela Brilhantina estava muito triste porque tinha perdido uma das cinco pontas, não sabia nem onde nem como. Na noite anterior tinha saído com as outras estrelas, como sempre fazia, mas porque estava muito cansada, adormeceu. Ao acordar, viu que lhe faltava uma das pontas e, de imediato, procurou-a por todo o céu, mas não a encontrou. Continuar a ler

Anúncios

A estátua no parque

jardim regador mm

Fecha os olhos e imagina-te num parque. Mas, espera! Este é um parque onde tudo está em desordem e parece que ninguém cuida dele. Achas que alguém brinca neste parque? Vamos ver se descobres! Pega na tua lanterna mágica e segue pelo Caminho Encantado. Onde irá levar-te esta noite? Continuar a ler

A história do menino distraído

menino a voar m

“Distração” significa estar longe de si, como se fôssemos outra pessoa…

Um dia, conheci um rapazinho muito distraído. Parecia um besouro, sempre de nariz no ar. Esquecia-se de tal forma do que se passava à sua volta, que até se esquecia de que tinha um corpo. Borboleta que passasse, nuvem em forma de Pai Natal que planasse, e ei-lo a segui-las, de nariz ao vento e de sorriso nos lábios. Continuar a ler

A casa de madeira

rato casa m

Pelo inverno, a rata Alina ouvira dizer que o seu bom velho amigo, o texugo Norberto, morava agora numa casa algures na montanha. Há muito tempo que Alina não via Norberto. Nos últimos dias, desde que a neve começara a cair, Alina pensava muito nele, na sua agradável voz resmungona, na sua presença calorosa e reconfortante e na sua grande coleção de livros, que ele muitas vezes lhe lera. Continuar a ler