Milly e Molly e os barulhos da quinta – slideshare descarregável

Pode ver esta e outras histórias AQUI

os barulhos da quinta

Era Primavera. As ovelhas do senhor Horácio estavam prontas para terem cordeirinhos.
— Acho que a Branquinha vai ser a primeira — disse ela. — Tem de passar a noite no celeiro.
— Não se vai sentir sozinha? — perguntou Milly.
— Nunca — respondeu o senhor Horácio. — Um celeiro é o sítio mais agitado do mundo durante a noite.
— Podemos fazer companhia à Branquinha? — perguntou Molly.
— Podem — respondeu o senhor Horácio — mas não vão conseguir dormir.
Milly, Molly e a ovelha Branquinha aconchegaram-se no feno para passarem a noite.

Anúncios

A árvore generosa

árvore menino kristina swarner m

Era uma vez uma árvore… uma macieira, que amava um menino.
E todos os dias o menino vinha, juntava as suas folhas e com elas fazia coroas, imaginando ser o rei da floresta.
Subia pelo seu tronco, balançava-se nos seus ramos, comia as suas maçãs, brincavam às escondidas e quando ficava cansado, dormia à sua sombra.
O menino amava aquela árvore… como ninguém. Continuar a ler

A estrela partida

meninas estrelas m

A estrela Brilhantina estava muito triste porque tinha perdido uma das cinco pontas, não sabia nem onde nem como. Na noite anterior tinha saído com as outras estrelas, como sempre fazia, mas porque estava muito cansada, adormeceu. Ao acordar, viu que lhe faltava uma das pontas e, de imediato, procurou-a por todo o céu, mas não a encontrou. Continuar a ler