O Porquê do Trabalho

 trabalho m

(Conto tradicional nigeriano)

 Outrora, o céu estava tão próximo da terra que bastava levantar a mão para lhe tocar.

E os homens não faziam outra coisa. Chegavam mesmo a comer bocados do céu, porque este era bem saboroso. Sabia a fresco, a doce, a salgado, tinha todos os sabores que se quisesse.

Infelizmente, as pessoas tiravam bocados tão grandes que nem sequer acabavam de comê-los e deixavam-nos a apodrecer no chão.

Uma manhã, o céu cansou-se de ser assim maltratado. Subiu alto, tão alto com hoje está. A partir desse dia, os homens têm de trabalhar a terra, sobre a qual lançavam outrora o alimento celeste.

Jean-Jacques Fdida
La naissance de la nuit et autres contes du monde entier
Paris, Didier Jeunesse, 2006

Anúncios