O urso Mário

O  urso Mário

Numa pequena casa no cimo de um monte, um pouco afastada da aldeia, vivia uma família de ursos. Era constituída por Ursão, o pai-urso, Ursolina, a mãe-ursa, e por três ursinhos chamados Úrsula, Úrsica e Ursino.

Certo dia, os papás-ursos souberam que ia haver um concurso de dança para ursos na cidade mais próxima. Ursão e Ursolina não queriam faltar, pois eram uns dançarinos muito bons. O concurso iria durar dois dias, mas quem é que tomaria conta dos ursinhos durante esse tempo?

Nessa noite, apareceu, por acaso, o urso Mário na sua mota nova. Mário era um velho amigo do papá-urso e prontificou-se imediatamente a ficar com as crianças.

Na manhã seguinte, Ursão e Ursolina partiram e Mário ficou sozinho com os ursinhos. As crianças depressa descobriram que Mário era um urso muito benevolente. Os jogos que brincaram com ele foram ficando cada vez mais tumultuosos e, à noite, já tinham a casa virada de pernas para o ar. Os quatro tinham-se divertido imenso. Mário estava muito cansado mas os ursinhos nem por isso. Eles não queriam ir dormir e Mário teve uma trabalheira para os meter na cama. Quando, por fim, adormeceram, Mário ainda teve de ficar pela noite dentro a arrumar a casa. Mal caiu na cama, adormeceu imediatamente, tão estafado que estava.

De manhã cedo, os três ursinhos acordaram-no.

“Oh, não!”, pensou Mário. “Lá vai recomeçar a confusão!” Mas teve uma boa ideia! Logo depois do pequeno-almoço, Mário levou os ursinhos para a frente da casa e sentou-as no sidecar da sua mota. Ligou a máquina e partiu a toda a velocidade pelo monte abaixo, entrou na aldeia, atravessou-a até ao outro lado, e andou por ali às voltas. Fez este percurso várias vezes até conseguir adormecer os três ursinhos. As crianças tinham acalmado, é certo, mas Mário havia enfurecido todos os habitantes, que resmungavam contra ele e a sua mota infernal, e acabaram por fechar a rua da aldeia.

Mário ficou todo contente quando os papás-ursos finalmente regressaram.

 

 

Erwin Moser

Mario der Bär

Weinheim Basel, Parabel, 2005

Texto adaptado

 

One thought on “O urso Mário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s