Histórias para os mais pequeninos

… e para os menos pequeninos …

Estou triste

3 Comentários

Estou triste


Quando estou triste sinto-me como… uma flor que precisa de ser regada… um arco-íris que perdeu as cores… um palhaço que não consegue sorrir.

Quando estou triste deixo-me estar deitado na cama; não quero falar com ninguém… escondo-me na casinha de brincar… abraço o meu ursinho.

Há muitas coisas que me põem triste. Quando a minha melhor amiga muda de casa para longe, fico triste. Mas sei que vai ser óptimo receber montes de cartas.

Quando o meu cão não está bom e o veterinário diz:

Ele está a ficar velho, sabes. — Fico triste. Mas lembro-me de como nos divertimos os dois.

Quando à noite a Mãe e o Pai discutem e eu, lá em cima, os ouço a falar muito alto, fico triste. Mas no dia seguinte eles sorriem e estão outra vez alegres.

— Desculpa, não foi nada. Às vezes até os adultos discutem.

Quando me despeço da Avó na estação e sei que não a vou ver durante uns tempos, ficamos os dois tristes. Então eu dou-lhe um abraço mesmo apertadinho e sentimo-nos logo os dois melhor!

Quando todos os meus amigos são convidados para uma festa e eu não, sinto-me posto de lado e fico triste. Então faço eu uma festa para os meus brinquedos todos!

Quando na escola faço um desenho mesmo bonito e depois outro menino o estraga, fico triste e um bocadinho zangado! Mas penso que da próxima vez vou fazer um ainda melhor.

Quando ando triste, sinto-me melhor se contar os meus problemas ao Avô. Sinto-me melhor se fizer um puzzle ou se vir um programa engraçado na televisão.

Sinto-me ainda melhor se pensar numa coisa boa que vai acontecer.

Sinto-me melhor se puder fazer uma coisa simpática a alguém.

Mas às vezes eu também faço coisas que levam os outros a ficarem tristes…

Se eu chamar nomes aos outros…

Ou se eu for mau e não me ralar com as outras pessoas.

Se eu disser coisas sem pensar, a Mãe ou o Pai podem ficar tristes.

Se eu não deixar um amigo entrar no jogo, ele pode ficar triste.

Toda a gente às vezes está triste. Mas se falarmos do que nos fez ficar tristes e pensarmos nas coisas boas que temos… então se calhar conseguimos mandar embora a tristeza.

Experimenta este remédio se andas triste, aborrecido: franze a testa ao contrário, verás logo um sorriso!

Brian Moses

Estou triste

Lisboa, Editorial Caminho, 1994

Texto adaptado

About these ads

Author: contadores.destorias

Contadores d’Estórias é um grupo de professores de diversos graus de ensino (do básico ao superior) empenhado em incentivar o gosto pela leitura. Esta iniciativa não tem qualquer interesse financeiro e a apresentação destas histórias é feita apenas por motivos pedagógicos. estorias.em.portugues@gmail.com

3 thoughts on “Estou triste

  1. Esse texo e muito legal. Vocês podiam publicar mais sobre o amor e o ódio, por exemplo…

  2. Achei lindíssimo este texto. Parabéns.

  3. GOSTEI!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 59 outros seguidores